Quanto Tempo Demora Um Processo Judicial?

quanto tempo demora um processo judicial

Entender quanto tempo demora um processo judicial é importante para você organizar as finanças. Afinal, a espera afeta diretamente a disponibilidade dos recursos esperados com a ação.

Assim, em geral, alguns casos simples podem ser encerrados em meses, enquanto outros mais complexos levam anos. Por isso, se precisar do pagamento com urgência, talvez seja mais indicado considerar outras alternativas para receber o valor devido.

Seja qual for a sua decisão, é importante entender como funciona o andamento de processos judiciais e outras informações relevantes. Então, continue a leitura e saiba mais!

Sumário

  • Quanto tempo demora um processo judicial?
  • Qual o tempo máximo de uma ação trabalhista?
  • Quanto tempo leva para o juiz analisar um processo trabalhista?
  • Quanto tempo a empresa tem para pagar uma ação trabalhista?
  • Quanto tempo demora um processo trabalhista em segunda instância?
  • Como saber se um processo trabalhista está chegando ao fim?
  • O que influencia na demora de um processo judicial?
  • Quais são as chances de ganhar uma causa trabalhista?
  • Como antecipar um processo judicial?
  • Faça Cessão de Crédito em até 2 dias úteis

Quanto tempo demora um processo judicial?

Em geral, o tempo de um processo judicial demora cerca de 1 ano, se não houver acordo entre as partes. A espera pode ser ainda maior, de 2 a 3 anos, se o processo precisar ser analisado pelo Tribunal do seu Estado ou envolver perícias.

Qual o tempo máximo de uma ação trabalhista?

O tempo máximo de uma ação trabalhista é de 2 a 5 anos, dependendo da circunstância. Entenda!

Prescrição Bienal (2 anos)

Esse prazo refere-se aos 2 anos após a saída da empresa, a partir do 1º dia após a assinatura da rescisão contratual. Então, você tem 2 anos para abrir um processo trabalhista caso tenha algum direito violado enquanto trabalhava na empresa.

Prescrição Quinquenal (5 anos)

Esse prazo de 5 anos é o limite de tempo que o juiz tem para verificar possíveis direitos violados no processo. Caso alguma violação tenha ocorrido em um período anterior a esses 5 anos, ela não será considerada no processo.

Quanto tempo leva para o juiz analisar um processo trabalhista?

O juiz tem o prazo de 15 dias para analisar os termos do processo trabalhista, após a petição ser apresentada. Durante esse período, ele pode marcar uma reunião (chamada audiência) para resolver o caso antes de emitir a sentença.

Quando a petição para oficializar o acordo é apresentada ao juiz, ele para o relógio do prazo que as pessoas têm para reivindicar seus direitos. 

Isso significa que as partes envolvidas ganham mais tempo para negociar e formalizar o acordo. Assim, elas podem chegar a um acordo amigável sem riscos de perder seus direitos pelo tempo passando.

Quanto tempo a empresa tem para pagar uma ação trabalhista?

A empresa tem até 10 dias para pagar uma ação trabalhista perdida, conforme as mudanças na Reforma Trabalhista. Esse prazo é apresentado na fase de “Execução”, após a decisão tomada pelo juiz no processo judicial.

Quanto tempo demora um processo trabalhista em segunda instância?

A demora de um processo trabalhista em segunda instância costuma ser de 5 meses, em média. Ainda assim, é difícil prever com precisão quanto tempo levará para um processo trabalhista ser concluído, já que isso depende de vários fatores.

Como saber se um processo trabalhista está chegando ao fim?

Para saber se um processo trabalhista está chegando ao fim, você pode seguir esses passos:

  • acesse o Google e digite “TRT + nome do seu estado” na barra de pesquisa;
  • os resultados mostrarão o link de acesso ao site do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da sua região;
  • clique no link para entrar no portal do TRT do seu estado;
  • no site do tribunal, procure a opção de “Consulta Processual” ou “Consulta de Processos”;
  • informe os dados do processo, como número ou nome das partes, conforme as instruções;
  • clique em “Buscar” ou “Consultar” para verificar o andamento do seu processo trabalhista.

O que influencia na demora de um processo judicial?

A demora de um processo judicial pode ser influenciada por diversos fatores, como:

  • complexidade do caso – quanto mais complicado e cheio de detalhes for, mais tempo pode levar para ser resolvido;
  • acúmulo de processos – se o tribunal tiver muitos casos para lidar, o processo pode demorar, pois há uma quantidade limitada de juízes e servidores para cuidar de todos eles;
  • recursos e prazos – as partes envolvidas podem recorrer das decisões, prolongando o tempo do processo, e também existem alguns prazos legais que precisam ser respeitados;
  • tipo de ação – algumas ações têm procedimentos mais rápidos, como a Requisição de Pequeno Valor (RPV), enquanto outras podem ser mais demoradas, como os precatórios;
  • testemunhas e perícias – se for necessário ouvir testemunhas ou fazer perícias, isso pode aumentar o tempo do processo, já que demanda agendar datas e avaliar informações;
  • eficiência do sistema – a qualidade da gestão dos tribunais e a eficiência dos processos judiciais impactam na rapidez da resolução dos casos;
  • novas leis e decisões judiciais – mudanças nas leis ou decisões judiciais importantes podem afetar o andamento do processo, seja para acelerá-lo ou retardá-lo.

Quais são as chances de ganhar uma causa trabalhista?

Não existe causa ganha: as chances de ganhar uma causa trabalhista dependem de diversos aspectos. Entre eles, as provas apresentadas, a qualidade dos argumentos legais, as particularidades do caso e o entendimento do juiz.

Ou seja, cada caso é único, e as particularidades do seu processo podem influenciar nas chances de ganhar. Porém, se o colaborador realmente teve os direitos violados, fica mais fácil obter um resultado justo para o profissional.

Inclusive, 88,5% das causas trabalhistas do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª Região (SP) foram total ou parcialmente em favor do colaborador, segundo estudos do Insper.

Como antecipar um processo judicial?

Antecipar um processo judicial significa adiantar o pagamento de um valor que você tem direito, mesmo antes de a ação ser concluída. Uma alternativa para conseguir isso, é a cessão de créditos, vendendo o direito de receber o pagamento em troca de um adiantamento.

Faça Cessão de Crédito e à Vista

Algumas empresas possibilitam a cessão de crédito com praticidade e em até dias, caso precise do dinheiro imediatamente. Afinal, com a leitura do artigo, você já entendeu quanto tempo demora um processo judicial, podendo levar anos para ser concluído. 

Então, deseja antecipar o pagamento de um processo judicial? Com a PX Ativos Judiciais é possível receber o valor à vista. Logo, entre em contato conosco para entender como funciona e conferir depoimentos de clientes satisfeitos com a cessão de créditos!

Receba uma proposta personalizada gratuitamente!

Os especialistas da PX Ativos Judiciais vão analisar o seu caso e fazer uma oferta exclusiva.

💬 Precisa de ajuda?